Som do dia

quarta-feira, junho 27, 2007

Constante Mudança

A única constante da vida é mudança...
E a sua acompanhante é a esperança...
Porque tudo o resto morre com o tempo.
Tudo o resto não passa de um momento...
»«
E neste conjugar bilateral de vidas...
Vemos o porvir, vemos o acabado...
Fazemos contas às coisas trazidas
Avançando, num futuro imperturbado...
»«
E na louquice tresloucada da evolução
Verás o que morre e o que perdura...
O que merece ser do teu coração
O que faz parte da tua amargura...
»«
Por isso: guarda na alma o que é teu
E aproveita bem todo o restante...
Porque na construção do teu "eu"
O que te cerca é deveras marcante...

Pensar

Enquanto pensamos
A vida passa-nos...
Enquanto descansamos
O mundo trespassa-nos..
»«.
Mas parar de cogitar
Não é mesmo uma morte?
Uma morte rudimentar
Que em nada depende da sorte?
»«
Introspectivamo-nos...
Descobrimos quem somos...
E, sem querer, mudamo-nos.
Não podemos ser o que fomos...
»«
Paremos, calmamente, para pensar...
Avultemos, pois, o nosso mudar...
Afinal, não é uma questão de paciência
Mas sim uma forma de sobrevivência...

Viajar...

Podemos viajar por todo o mundo em busca do que é belo,
mas se já não o trouxermos connosco, nunca o encontraremos.

Ritmo


O ritmo tem algo mágico;
Chega a fazer-nos acreditar que o sublime nos pertence.

Falei à Lua de Ti


Hoje falei à lua…Ela disse-me que ainda te lembras de mim.
No seu reflexo vi a saudade que deixaste em mim…
Saudade das tuas palavras, dos teus gestos,
da voz doce com que me acalmavas…
Um aroma a rosa invadiu os meus sentidos…
Todas as rosas do mundo resolveram impregnar
o universo com seu perfume…
E a tua ausência dói ainda mais…
A noite…A lua… O aroma rosado…
E o teu carinho longe de mim…

A Noite...


As Maiores Coisas do Mundo


Essência do Amor


Perdi-me...


Perdi-me na noite escura, no medo de ser feliz...
Senti que a lua já não mais me iluminava.
Senti o pesar da mão que me batia...
Abraças-me ?
Tenho frio, a noite caiu, ele cortou-me com o vento
Abraças-me ?
Tenho medo, dos monstros que me preenchem a noite...
Por favor, diz que sim...
Preenche este escuro com o teu sorriso.
Protege-me nos teus abraços...
Abraças-me ?
Meu pedido de socorro na noite escura
Dentro de uma floresta cheia de perigos...
Não me deixes só, aqui...
Abraças-me ?
Eu espero por ti...
Sorri quando chegares para que
possa seguir esse caminho de luz.
E por favor abraça-me...

Alma Ferida


Sonhei… Lutei por uma vida feliz.

Mas a dureza da vida deixou-me a alma desfeita.

Tentei aceitar a dor e o sofrimento,

mas a angústia sufocava as lágrimas dos meus lamentos.

Pouco a pouco fui lutando pelo amor…

Fui esquecendo a magia de sonhar, viver e lutar,

sufocar um grito à própria vida e caminhar sem sentido

numa rua sem saída.

Ao olhar ao meu redor sinto-me, só e perdida.

Procuro dar paz e amor à minha vida.

terça-feira, junho 26, 2007

Vida Humana


Interdependentes


Salmo 126


Encontro e Desencontro


Metade...


A Sorte...

“A sorte não existe;
No máximo, existem circunstâncias favoráveis ou desfavoráveis.
A sorte é resultado de tudo que fomos capazes de semear,
enquanto a má sorte é o resultado de tudo que fomos capazes de prever”.

Orar e Vigiar

Um guerreiro da luz está sempre vigilante.
Não pede permissão aos outros para segurar sua espada;
Simplesmente a toma nas mãos.
Tão pouco perde tempo explicando seus gestos;
Fiel às determinações de Deus...
Ele responde pelo que faz.
Olha para os lados e identifica seus amigos.
Olha para tràs e identifica seus adversários.
É implacável com a traição, mas não se vinga;
Apenas afasta os inimigos de sua vida,
sem lutar com eles além do tempo necessário.
Um guerreiro não tenta parecer; ele é.

Não Exijas dos Outros...

Não exijas dos outros o que eles não podem dar-te,
mas cobra de cada um sua responsabilidade.
Não deixes de usufruir o prazer,
desde que não faça mal a ninguém.
Não pegues mais do que precisas,
mas luta por teus direitos.
Não olhes as pessoas só com teus olhos,
mas olha-te também com os olhos delas.
Não fiques ensinando sempre,
podes aprender muito mais.
Não desanimes perante o fracasso...
Supera-te transformando-o em aprendizado.
Não te aproveites de quem se esforça tanto...
Pode estar fazendo o que tu deixaste de fazer.
Não estragues um programa diferente com teu mau humor.
Descobre a alegria da novidade.
Não deixes a vida esvair-se pela torneira,
pode faltar aos outros...
O amor pode absorver muitos sofrimentos,
menos a falta de respeito por ti mesmo!
Se você queres o melhor das pessoas...
Dá o máximo de ti,já que a vida te deu tanto.
Enfim, agradece sempre...
Pois a gratidão abre as portas do coração.

Paixões

"A ausência diminui as paixões medíocres e aumenta as grandes,
assim como o vento apaga as velas, mas atiça as fogueiras."

Barca da Vida

Em toda vida humana surge um momento supremo...
Um dia, uma noite, uma manhã, uma tarde,
uma hora decisiva, um instante oportuno...
Uma fresta através da qual a pessoa vislumbra
coisas maravilhosas e sublimes...
Um quase nada na balança, cujos pratos são:
"O demasiado cedo" "O demasiado tarde".
Feliz é quem sabe esperar...
E que de pé, à proa da barca da vida,
trabalha e vigia pronto a aproveitar o momento
em que a ocasião estender a sua mão,
quando no relógio do destino soar o "AGORA"
Vive o teu agora.
Ama... Sorri...
Não deixes passar o tempo...
Ele não volta...

A Vida é uma Arte


Sem perceber...
Entramos nas ilusões.
Em busca da tão sonhada felicidade
Acreditamos em promessas fúteis,
imaginando estar ela em qualquer lugar
ou em todos os lugares.
Ilusões...
Obscurecem a verdade, invertem valores
Arrastam-nos para o sofrimento
de que pensamos estar imunes.
Mas a vida...
É mais que supomos.
A vida é muito mais que uma lição.
A vida é uma arte.
Sua sabedoria coloca-nos sempre...
Diante da verdade.

Entre o Sim e o Não

Difícil escolha
Difícil discernir o certo do errado
quando estamos entre a emoção e a razão.
Sempre é muito difícil pra um ser comum,
racional, com dúvidas, receios,
um ser humano de facto,
escolher entre a razão e a emoção.
A sociedade pune-nos, a sociedade cobra-nos.
As pessoas vêem-nos como querem
que nós sejamos.
As pessoas não aceitam as diferenças.
A maioria, segue um padrão peculiar
dos que seguem o normal,
que seria o convencional,
onde eu vejo tudo de forma diferenciada.
Ninguém para ser feliz, precisa ser
convencional, ou normal.
Ninguém para ser feliz, precisa ser
o que os outros esperam dela.
Ninguém para ser feliz precisa ser
o que não quer!
Para ser feliz, gozar de total e real felicidade
só existe em uma pequena frase:
"SEJA VOCÊ MESMA"

segunda-feira, junho 25, 2007

Happy Birthday, George

A happy day! God bless you, always !

Olha bem...


Apareces...




Meu Grito


Ao mundo eu quero dar meu grito agora
Não um grito de dor ou de lamento
Mas um grito que leve mais alento
À alma triste e ao coração que chora
»«
Quero gritar o amor que em mim existe
Gritar o meu passado, sem saudade
Gritar brandura, longe da ansiedade
Gritar meu pranto, sem sentir-me triste
»«
Por isso te convido agora : Vem
Alegria gritar, mesmo que tenhas
Como eu, tão profundas cicatrizes
»«
Pois devemos, às vezes, rir chorando
Ou cantar, mesmo às vezes soluçando
Para sermos um pouco mais felizes.

Algo...

Algo forte a vibrar, bem mais que a própria vida
Cá no meu coração, há muito já palpita
É algo, de forma tão definida
Que se agiganta, eu sinto, e tão febril se agita
»«
Não pude, como devo, descrever ainda
Este algo em meu ser, que vive submerso
Qual jóia preciosa, requintada e linda
Rica demais para se expôr num singelo verso
»«
É algo impetuoso, indómito, incontido
Que me faz ser feliz, deixa-me embevecida
Num mundo que sómente a minha alma vê
»«
É algo que ultrapassa o meu entendimento
Porque infinitamento é grande o sentimento
Que existe neste amor, que sinto por ti.

domingo, junho 24, 2007

Esperança


Fácil e Difícil


Não Seja


Envelheço

Quando me fecho para novas ideias e me torno radical.
Quando o novo me assusta e a mente insiste em não aceitar.
Quando me torno impaciente, intransigente, não consigo dialogar.
Quando muito me preocupo e depois culpo
por não ter tantos motivos para me preocupar
Quando penso demasiadamente em mim
e consequentemente me esqueço dos outros
Envelheço, quando tenho a chance de amar
e deixo o coração põr-se a pensar:
-Será que vale a pena correr o risco de me dar ?
-Será que vai compensar ?
Quando permito que o cansaço e o desalento
tomem conta da minha alma
e nem me ponho a lamentar
Envelheço, enfim, quando paro de lutar.

sábado, junho 23, 2007

A Tua Voz

A tua voz ecoa aqui, em meus ouvidos
Então eu penso abrir os olhos e te ver.
Tu tomas conta de meu corpo, meus sentidos
E eu já não posso, amado meu, o amor conter.
»«
Minha saudade é a constante companheira,
comigo fala, em longas noites outonais.
Faz-me lembrar-te, sim, de todas as maneiras
E faz-me querer sempre o que não tenho mais...
»«
E tu estás aqui, caminhas ao meu lado
Com o mesmo olhar, mesmo sorriso do passado
E a tua voz em meus ouvidos reverbera...
»«
Posso sentir teu beijo doce no meu rosto
Posso sentir no peito todo o meu desgosto
Ao perceber que o meu amor foi só quimera...

Nosso Planeta

Está nosso planeta, agonizante!
Seu fim, a todos nós, causa ansiedade...
Pois pode estar bem perto ou bem distante
Dependendo do agir da humanidade.
»«
E o homem, inconsequente, continua
Sua devasta por ganância cega
E quando advertido ainda nega
Que deixa a terra de recursos, nua.
»«
Ah! Vasta ignorância que perdura!
Que falta de consciência e de cultura!
Que ausência de amor ao próprio lar.
»«
E logo a sede se fará presente
Virão doenças, fome e, de repente
Nem ar teremos para respirar.





sexta-feira, junho 22, 2007

Meu Despertar

Na ausência de ti fica apenas o meu despertar, o sentir, o sonhar...
Acordo ao som de uma Kisomba que me diz...
Faz amor comigo
Faz amor comigo
Me tira dessa solidão...
»«
Então passo as horas a pensar
Ansiando que me cheguem noticias de ti...
Fecho os olhos, permito-me voar
E sinto, o ecoar de um beijo que me chega aqui...
»«
E saiu, com a tentativa de uma nova esperança...
Dando sol ao dia que disponta da noite escura...
Rodeio-me de ti, de toda a lembrança...
E busco um abraço teu, tua ternura!
»«
Deixa de lado a timidez que te cerca,
Faz da tua espada a tua vontade
Onde a saudade de ti mais aperta...
Cairá o beijo sobre o respirar da felicidade.
»«
De volta ao meu aconchego, sinto-me voar...
Fico à espera também do teu regresso
Dessa urgência de te olhar, amar
Abraçar-te é o que quero confesso!!!

Malmequer - Bem-me-Quer

Gosto de sorrir...
Embala-me a alma no torpor da felicidade.
Gosto de sorrir
Gosto de palavras brandas...
temperadas de amor e carinho.
Gosto de emoção, mas rejeito a solidão
Gosto de ti
Daquilo que és...mas...por onde andas que te não vejo
Meu amor...

Verão


O verão parece que chegou, finalmente.
Já não aguentava aqueles dias cizentos e cheios de chuva
que faziam com que me sentisse a pessoas mais deprimente do mundo!!
Com tempinho quente, chega também a vontade de ir à praia,
de dar uns mergulhos, de ficar numa esplanada a conversar
enquanto nos deliciamos com um gelado... Humm!!

Tempo de Espera

Cessaram os cânticos
que em tardes de chuva
batiam nos vidros daquela janela.
...
É agora o tempo branco
da espera de outras euforias
doçura amarga arrastada nas horas.
...
É um espaço, um salto
um saber de distância calada.
Nem um som, nem um murmúrio
quebram os muros que se erguem.
...
É um caminho de silêncio
dentro de mim rodeada de risos.
Dias parados no limbo do tempo baço,
que a luz do sol é lá fora.
...
Tempo de espera. Do inevitável.
Da alegria. Da saudade.

Amigos

Porque apenas uma flor não alegra o dia,
Porque um sorriso não é o suficiente,
Porque um carinho nãoo completa a alma,
Porque um afago não faz reagir o corpo,
Porque a beleza dos olhos brilhantes não reflete a felicidade,
Porque o som de uma gargalhada não explica a amizade,
Porque o silêncio da compreensão não ajuda a resolver os problemas,
Porque a realidade é cada vez mais difícil de enfrentar....
Precisamos de uma coisa muito simples para tudo isto funcionar.
AMIGOS

Considerar Perdidos

“Deveríamos considerar perdidos todos os dias
em que não tivermos dançado pelo menos uma vez.
E deveríamos chamar falsas a todas as verdades
que não sejam acompanhadas de pelo menos uma gargalhada.”


Nunca Deixe...


Com o Tempo...


Com o tempo...
Você aprende que estar com alguém
só porque esse alguém lhe oferece um bom futuro,
significa que mais cedo ou mais tarde você irá
querer voltar ao passado...
»«
Com o tempo...
Você se dará conta que casar só porque “está sozinha”,
é uma clara advertência de que
o seu matrimônio será um fracasso...
»«
Com o tempo...
Você compreende que só quem é capaz de a amar
com os seus defeitos, sem pretender mudar-la,
é que pode dar-lhe toda a felicidade que deseja...
»«
Com o tempo...
Você se dará conta de que se você está ao lado
de uma pessoa só para não ficar sozinha,
com certeza uma hora você vai desejar não voltar a vê-la...
»«
Com o tempo...
Você se dará conta de que os amigos verdadeiros
valem mais do que qualquer montante de dinheiro...
»«
Com o tempo...
Você entende que os verdadeiros amigos se contam nos dedos,
e que aquele que não luta para os ter,
mais cedo ou mais tarde se verá rodeado
unicamente de amizades falsas...
»«
Com o tempo...
Você aprende que as palavras ditas num momento de raiva,
podem continuar a magoar a quem você disse,
durante toda a vida...
»«
Com o tempo...
Você aprende que desculpar todos o fazem,
mas perdoar, só as almas grandes o conseguem...
»«
Com o tempo...
Você compreende que se você feriu muito um amigo,
provavelmente a amizade jamais será a mesma...
»«
Com o tempo...
Você se dá conta de que cada experiência vivida
com cada pessoa, é irrepetível...
»«
Com o tempo...
Você se dá conta de que aquele que
humilha ou despreza um ser humano,
mais cedo ou mais tarde sofrerá as mesmas humilhações
e desprezos,só que multiplicados...
»«
Com o tempo...
Você aprende a construir todos os seus caminhos hoje,
porque o terreno de amanhã
é demasiado incerto para fazer planos...
»«
Com o tempo...
Você compreende que apressar as coisas
ou forçá-las para que aconteçam,
fará com que no final não sejam como você esperava...
»«
Com o tempo...
Você se dará conta de que, na realidade, o melhor não era o futuro,
mas sim o momento que estava vivendo naquele instante...
»«
Com o tempo...
Você aprende que tentar perdoar ou pedir perdão,
dizer que ama, dizer que sente falta,
dizer que precisa, dizer que quer ser amigo......
junto de um caixão......
deixa de fazer sentido...
»«
Por isso, recorde sempre estas palavras:
“O homem torna-se velho muito rápido e sábio demasiado tarde”.
Exactamente quando:“JÁ NÃO HÁ TEMPO!”

Aqueles Olhos...


Nos olhos, espelhos molhando o infinito,
uma luz intensa iluminava um adeus.
Olhos de dor falam todos os idiomas,
dizem tudo de sofrer de amor.
Olhar aqueles olhos é integração,
é abandonar-se e participar
de danos pungentes e amargurados.
Olhar aqueles olhos é sentir
os nervos da alma arranhados em cacos
e cair num abismo que não é teu,
nem o adeus é teu, mas é tua a condenação de sofrer
por aqueles olhos que não te vêem...

Eu e Tu...

EU sou apenas um corpo queimando
e uma alma que pena esperanças,fruindo saudade
e, voando nas asas do encantamento...
Vou-te sequestrando para meus sonhos...
TU és o templo de meus desvarios,
o alimento de todos meus dias e noites,
testemunhando minha solidão...

Tu Eras...

Tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
O vento da vida pôs-te ali.
A princípio não te vi:
não soubeque ias comigo,
até que as tuas raízes atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca, floresceram comigo.

quinta-feira, junho 21, 2007

Ninguém

"Ninguém tem a felicidade garantida.
A vida simplesmente dá a cada pessoa tempo e espaço.
Depende de nós enchê-los de Alegria!"

Apetecia-me...

Apetecia-me… flutuar como uma bola de sabão multicor, vaguear pelo azul do céu e ir ao teu encontro.
Apetecia-me… enrolar, como um bicho-de-conta,
e aninhar o meu corpo no teu, ignorar os problemas,
esquecer a vida, imaginar que na face da terra
existo apenas eu, existes apenas tu.
Apetecia-me… abraçar-te e poder fazer do meu colo
uma tranquila Pousada onde pudesses descansar
todo o teu cansaço, todas as conquistas, as triunfais e as menos felizes,
todas aquelas chatices que no dia-a-dia se apoderam de ti.
Apetecia-me… dar-te um longo beijo...
Apetecia-me… dizer que te adoro e que apesar dos meus erros,
das minhas indecisões, das minhas imperfeições,
é só em ti que me perco, mas também que me encontro,
que me cumpro como pessoa, como mulher,
e que é só contigo, que me sinto completa.

Tão Distante e Tão Vivo...

Está tudo tão distante e tão vivo.
Alguma vez pesaste os dias, os meses,
os anos que passaram? Será que ainda te lembras?...
Todos estes anos não me fizeram esquecer os breves dias,
as horas intensas, os minutos insubstituíveis,
todos os segundos que guardei para sempre
no tempo da minha memória.
Neste local escuro onde guardo todos os fragmentos
de uma alegria passada, e onde sobra sempre espaço
para não me arrepender...
Tu foste a única luz na massa disforme de uma vida cinzenta.
Porque é que fugiste?
Todos os dias me pergunto isso.
Sim, todos os dias destes três anos e meio que passaram.

Há Dias...


Há dias e momentos assim...
Daqueles que gostamos de recordar...
Daqueles que nos sabem bem lembrar...
Há momentos e pessoas que gostamos
de perpetuar na nossa memória...
Imagens que gostamos de guardar para sempre connosco...
Há conversas que ficam...Gestos que marcam...
Olhares que nos tocam...
Abraços que desejamos não esquecer...
Há sorrisos que nos cativam... cada vez mais...


quarta-feira, junho 20, 2007

"Parabéns a Mim"

E hoje...
Mais um aniversário!
Fazendo um balanço geral,vejo que tenho
muito mais a agradecer do que para reclamar.
Apesar dos problemas e grandes decepções,
a vida tem sido boa comigo.
Hoje, foi mais um dia em que tive muitas e boas
demonstrações de carinho e amizade.
Vou aproveitar o meu dia...

terça-feira, junho 19, 2007